Guarda


Quais os potenciais em cada uma das situações que estamos colocados? Para responder essa pergunta com precisão é necessário estar em atitude de disponibilidade para transição, ou em guarda.


Grão Mestre Leo Imamura demonstra no YouTube, em guarda, a guarda do Ving Tsun


Guarda não é apenas uma posição. Ela é, em essência, a realização corpórea de uma não-posição por localizar-se no ponto intermediário da transição entre diferentes cenários e seus potenciais.


Eu, irmãos Kung Fu Roberto, Guilherme, Claudio, e nosso Si Fu

Se todo cenário conserva uma disposição que lhe é própria e simultaneamente se transforma por ser movimento de realização dos potenciais nele contido, é pela integração da guarda a todos os meus movimentos que me faço um leitor-ator perspicaz nesse cenário e posso responder à pergunta.

Eu, em posição de guarda, mas fora da guarda



Mensagens populares deste blogue

A extensão da prática para a conduta

A humanidade no movimento feito solitariamente

Quando a palavra é corpo inteiro